As precauções por vezes são uma porcaria. Quando se está a começar algo fresco, novo, fantástico, quer-se ir até ao fim. Mexer-se depressa e partir as coisas como deve ser? Se funcionasse no Facebook……..

Porque não para nós. Por isso vamos andando, chamamos o nosso amigo Dave que sabe algum html e código css ou ainda melhor, aquele tipo de cinco cêntimos que na realidade custa cinco dólares e em breve temos um site a funcionar, temos algum produto vendido e estamos bem. Sente-se e veja os dólares a rolarem.
Até que ao movermo-nos rapidamente, de facto quebramos algo…… Essa sensação de perda de dados.

É espantoso como muitos de nós, proprietários de empresas, fazemos isto. Mesmo quando se sabe que é preciso testar, encenar e todas as outras adoráveis tarefas de pré-produção. Em alguns casos, aconselhámos os nossos clientes e, sabe, outras pessoas…….a ter uma estratégia de recuperação de desastres/ continuidade do negócio. Nalguns casos (eu), foi o meu trabalho de dia, em tempos.

Se faz parte dos 85% das pessoas que gerem um site de comércio electrónico mas não trabalham para grandes empresas ou outras fábricas, então está a acenar com a cabeça com um sorriso irônico na cara e a pensar….Sim! Lembre-se daquela vez em que o Dave;

Pára de sorrir. Tire uma coisa deste post e essa é a realização de que a sua plataforma, seja a sua Shopify, BigCommerce, Woo, Wix ou o que quer que seja, NÃO apoia a sua loja/local.

É tudo por sua conta.

Claro, eles fazem backup da plataforma como um todo mas o seu site, individualmente, não pode ser recuperado a partir disso.
Talvez tenha tido sorte até agora e se tenha esquivado à bala de perda de dados. Talvez não tenha tido e saiba como pode ser dolorosa, demorada e completamente dispendiosa a perda de dados. Seja como for, deve saber que precisa de uma aplicação de salvaguarda para o seu site.

Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapanesePortugueseSpanish